quarta-feira, maio 10, 2006

The best is Dwake
Considero esta uma das capas mais interessantes do período em que trabalhei na revista Inside (de 1994 à 97). Em especial porque mostra um tubo (o ápice no surfe) de dentro d' água. Sempre gostei de fotos de surfe tiradas nessa situação, passam bem a sensação de pegar onda. Some-se a isso o fato de ser um surfista da terra e da onda ser G-Land (Gradjagan), na Indonésia, um destino lendário no surfe. Pra completar, o Marcelo Breda (o Pantera), editor de arte da revista na época, acertou na tipologia e nas cores.

Há uma história curiosa envolvendo essa edição. Dois fotógrafos estrangeiros que colaboravam com a gente, Jason Childs e Pete Frieden, mandaram um material excelente de fotos produzido durante a etapa do WCT em G-Land (inclusive a foto da capa, com o Teco Padaratz). Mas não tínhamos nada de texto. A solução foi apelar para um conterrâneo que trabalhava como juiz nesses campeonatos. Ele deixou um resumo manuscrito do evento na redação antes de viajar pra outra etapa. Editamos o relato, que saiu assinado pelo pseudônimo oficial da revista: Arabesco Ducal (invenção do saudoso Marcos Bicudo). A revista já estava nas bancas quando o Pantera veio perguntar quem era o Dwake. Não tinha nenhum Dwake no circuito mundial, mas saiu na matéria. No dia que o mar ficou monstruoso, perigoso mesmo, o Arabesco observou: "The best is Dwake!". Fomos revirar os manuscritos e estava lá com uma letra estranha: "The beast is awake". Até hoje rimos dessa história.

Links to this post:

Criar um link

<< Home